Geral - Estilo de Vida

As tuas necessidades nas relações

O mês de fevereiro é associado ao amor. Apesar de não festejar o Dia dos Namorados há mais de 10 anos, julguei que seria uma boa tema para falar este mês.

No jogo da vida existem 8 áreas que me foco no meu Programa de Health Coaching. Em dezembro descobrimos se estavas a construir a tua carreira de sonho, em janeiro percebemos como podias aprender com as tuas experiência e como usar a criatividade para planear os teus objetivos. Relações é a terceira área que vos venho falar.

Segundo a Wikipédia, o Dia de São Valentim pode ter sido para honrar a morte de um bispo chamado Valentim por continuar a celebrar casamentos durante a guerra ou para celebrar uma tradição de bater nas mulheres para assegurar fecundidade. E a tradição dos presentes surgiu porque um génio se lembrou de fazer cartões e ganhou muito dinheiro.

Continuarei sem festejar o Dia de São Valentim. Mas, independentemente disto, as relações sejam elas amorosas, sejam familiares, amizade, trabalho, etc., são algo importante para o nosso bem-estar. Somos uma espécie que evoluiu em comunidade e como tal somos mais felizes quando mantemos boas relações.

Podes também ler ou ouvir no Spotify e Apple podcast.

Impacto da solidão

O neurocientista John Cacioppo, estudou os impactos da solidão há mais de 20 anos. Aqui, tem uma entrevista pela revista The Guardian ao cientista. As conclusões dos anos de estudo são que a perceção de solidão é um fator de risco em todas as idades e deveria ser considerado um fator de risco para todas as causas de mortalidade, como obesidade, diabetes, etc.

Research has linked social isolation and loneliness to higher risks for a variety of physical and mental conditions: high blood pressureheart diseaseobesity, a weakened immune system, anxiety, depressioncognitive declineAlzheimer’s disease, and even death.

Aqui podes ouvir o neurocientista numa TedTalk sobre as consequências da solidar e 3 passos para seguir quando tiverem estes sentimentos.

Nesta publicação falo sobre a importância de manter relações saudáveis.

As relações e as necessidades humanas

As 10 necessidades nas relações

Segundo o coach Tony Robbins temos 10 necessidades emocionais que são a base do porquê de fazermos tudo o que realizarmos, é aquilo que nos guia e nos motiva diariamente.

  • Certeza – Necessidade de conforto. Esta é uma necessidade mais básica, está no nosso mecanismo de evolução como espécie. A certeza numa relação, dá-nos o conforto de saber que a pessoa estará lá nos momentos bons e maus.
  • Variedade – A variedade cria excitação e faz-nos sentir vivos. Variedade para algumas pessoas pode ser a necessidade de conhecer pessoas novas ou de diferentes culturas. Pode também ser participar em atividades diferentes com as mesmas pessoas
  • Significado – Sentimento que a nossa vida tem um significado, que somos importantes.  No contexto das relações, esta necessidade centra-se no facto de que precisamos de nos sentir especiais para alguém, sentir que temos um significado especial, seja ele amoroso ou não.
  • Amor e conexão – Conexão é menos profunda e amor mais profundo. Conexão pode ser sentida por interesses partilhados e conversas profundas. Não significa que têm que concordar em tudo mas que têm os valores que vos guiam semelhantes. Amor é mais profundo que conexão que é o sentimento que consegue suster relações após os primeiros meses que são para a maioria dos casais contos de fada.
  • Crescimento – Sentes-te desafiado a crescer, que se tem capacidade o conhecimento para o fazer.
  • Contribuição – Sentido que se ajuda a pessoa na relação, seja família, parceiro(a), amigos, etc. Conseguirmos ter a perceção que estamos ajudar alguém mentalmente, emocionalmente, fisicamente ou espiritualmente. Esta necessidade e o crescimento estão relacionadas. Se por um lado o crescimento pode partir de nós ou pode ser impulsionado por alguém na relação, a contribuição é esse impulsionar da nossa parte para outro alguém.
  • Intimidade – Esta é uma das necessidades que pode causar um maior tabu, mas é uma das que está no nosso ADN. Sem esta intimidade não seria possível gerar vida.
  • Humor – Precisamos de humor e leveza em certos momentos para podermos descontrair dos momentos stressantes do dia a dia.
  • Validação e suporte – É importante sentir que temos o suporte de alguém em momentos difíceis e sentir que nos dão validação nas nossas conquistas.
  • Perdão – Perdoar e ser perdoado. Sentir que somos perdoados quando falhamos em pequenas situações. O primeiro passo é sermos capazes de nos perdoar, termos compaixão para connosco. Para o perdão aos outros, temos que conseguir perdoar a pessoa mas respeitando a nós mesmos, não permanecendo em relações abusivas.
Tipos de relações

Há várias categorias onde podemos encaixar as nossas relações. Se por um lado temos a família e colegas de trabalho, relações que não dependem de nós, por outro temos uma relação amorosa, amizade e grupo de apoio que é totalmente dependente de nós.

Alguns exemplos de categorias de relações são:

  • amorosa
  • amizade
  • familiar
  • colegas de trabalho
  • grupo de apoio

Independentemente de poder ou não escolher as pessoas, podemos sempre decidir quanto queremos investir em cada relação. Isto deve ser definido consoante aquilo que é a nossa crença relativamente a cada categoria de relação.

Como definir o que investir em cada relação

Quais as necessidades que devem ser cumpridas por um amigo? Um familiar deve suprir quais necessidades? Qual a tua definição de uma boa relação amorosa? Quando recorres ao teu grupo de apoio? Os teus amigos coincidem com o teu grupo de apoio?

Por exemplo, para mim o meu grupo de apoio tem que conseguir preencher a necessidades de perdão, validação, suporte e crescimento. Tenho que sentir que contribuo de alguma forma, quero variedade no sentido que não preciso que concordemos em tudo mas tenhamos um ambiente de certeza para poder partilhar e dar opiniões sem receio. Estas são as necessidades prioritárias para mim, que podem mudar temporalmente e da fase da minha vida. É possível que em certas alturas precise mais de humor, outras de perdão.

A definição de cada grupo de relações depende daquilo que é importante para nós, com base nas nossas experiências passadas, fases da vida atuais e projetos.

As relações são como duas ou mais pessoas estão conectados, e como tal, apesar de nós sermos livres de escolher o tempo que queremos investir nas relações, o mesmo acontece dos outros para nós. É importante perceber como os outros se sentem à nossa volta e saber se podemos e queremos readaptar para suprir melhor as necessidade dos outros. Lê este post onde falo sobre como manter uma boa relação e onde na Dica 5 falo um pouco sobre quando devemos ou não mudar.

As pessoas muitas vezes têm dificuldade em identificar as suas necessidades e, erradamente, tentam preencher uma necessidade com outra diferente ou apoiam-se em alguém que não consegue atender essa necessidade específica.

As pessoas ao teu redor não podem, nem vão desresponsabilizar-te pelas tuas decisões ou falta delas. A vida é tua, e só tu podes decidir como pensar e agir perante cada situação. Mas, as pessoas que te rodeiam conseguem facilitar ou dificultar, ajudar-te a levantar ou auxiliar na queda. E tu, consegues escolher que tipos de pessoas queres a teu lado.

O canto do Coaching

  1. Lista os grupos de relações à tua volta? Por exemplo amorosa, amizade, grupos de apoio, colegas de trabalho, etc.
  2. Quais as necessidades que idealmente cada grupo deveria preencher? Qual a tua definição de amizade, de relação amorosa, etc.?
  3. Agora reflete sobre as pessoas que tens na tua vida para grupo.

Quais as relações que cumprem as tuas necessidades? Já lhes enviaste uma mensagem de agradecimento esta semana?

Quais as relações que não cumprem as tuas necessidades? Podes melhorar ou deixar ir esta relação? Aumentar o tempo investido na relação? Ter uma conversa aberta e honesta com esta pessoa?

Lembra-te que este post foi sobre relações mas, antes de seres bem-sucedido numa relação precisas de estar em paz contigo. Só assim consegues dar e receber amizade e amor.

Acabaste de ler mais uma publicação de SuperUS. Se achaste interessante coloca gosto ou partilha com os teus amigos ou familiares nas tuas redes sociais.

Vamo-nos tornar SUPER juntos! 

Recebe já o teu kit de Boas-Vindas

Para os menos low tech: em versão pdf editável para poderes imprimir ou preencher no computador.

  • Diário da Manhã e Diário da Noite
  • Reflexão semanal
  • Reflexão mensal
  • Reflexão anual
  • Planeamento de objetivos anuais
  • Plano de refeições e lista de compras (semanal)
  • Tracker de hábitos (mensal) 

Para os mais high tech: acesso a um template da app Notion onde podes tens desde journal diário, semanal e mensal para poderes definir e cumprir melhor as tuas prioridades, secção para anotações de todos os livros ou podcasts que andes a ver e ouvir e muito mais !

Tudo isto GRÁTIS  !

Para isso basta subscreveres em baixo.

Subscreves assim:

Vem fazer parte desta Super comunidade! 

Preparado para a tua versão Super?

Alimento

Hábitos

Movimento

. . .

A que tens direito ao subscrever?

O teu Kit de Boas-vindas GRÁTIS !

Newsletter com as publicações mais recentes

As Minhas 5 Super 

E todas as novidades em primeira mão !

Subscreve para saberes todas as novidades:

As informações de identificação pessoal são usadas apenas para enviar atualizações do site e responder às tuas questões. Podes optar por cancelar a subscrição a qualquer momento.

Be your own hero