Cinco Super

Os meus 5 Super – Edição 11

Aqui tens os meus 5 super pontos. Aquilo que tenho explorado, o que me tem inspirado e que tenho aprendido nas últimas duas semanas.

Às vezes falta inspiração para escolher o próximo livro para ler ou filme para ver. Ou simplesmente porque almoçamos às vezes sozinhos e queremos ver um podcast. É tão importante refletir sobre o que aprendemos mas, por vezes tão fácil esquecermos de o fazer. Mas às vezes só precisamos de uma frase ou uma música que nos devolva toda a energia e força que parece que nos foi roubada.

O que ouvi:

Predictably Irrational: The hidden Forces that shape our decisions por Dan Ariely. O autor fala de como tomamos decisões e temos pensamentos irracionais. 
Como as expectativas influenciam as nossas escolhas e o gostar ou não de algo? Como o nosso cérebro reage quando vê algo “gratuito”? O paradoxo de queremos ter sempre várias opções. Isto são apenas alguns pontos que Dan Ariely desmistifica no livro. 

“Standard economics assumes that we are rational... But, as the results presented in this book (and others) show, we are far less rational in our decision making... Our irrational behaviors arevneither random nor senseless- they are systematic and predictable. We all make the same types of mistakes over and over, because of he basic wiring of our brains.”

Dan Ariely

O que vi:

A palestra “Viver em alta performance” com Susana Torres, Joel Jota e Paula Abreu. A conferência foi no Altice arena em Lisboa, eu só tive oportunidade de assistir online. Acredito que a experiência para quem viu ao vivo deva ter sido algo muito melhor ainda. A parte que mais gostei foi do Joel Jota a falar e a principal mensagem dele que está relacionada com o tema deste mês, relações.

Fiz um curso no site Coursera da Universidade de Yale: Managing Emotions in Times of Uncertainty & Stress. O curso aborda como algumas escolas no ensino básico dos EUA ensinam as crianças a estar conscientes, dar um nome e gerir as emoções. Tudo o que aprendi pode ser aplicado para crianças e para adultos, até porque a maioria de nós não aprendeu a lidar com as emoções quando andava na escola.

"Se eu tivesse que dizer uma coisa que foi a que mais influenciou eu ter chegado onde estou hoje é me ter rodeado de pessoas melhores que eu."

Joel Jota

Aprendizagens super:

Todos sabemos que saber lidar com as emoções é importante. Seja no trabalho ou na vida pessoal, é indiscutível a importância. Mas como o podemos fazer? Aprendemos que uma laranja é uma laranja mas, dificilmente é-nos ensinado o que é a ansiedade, depressão, tristeza, solidão, etc. Como distinguimos, o que devemos sentir, ver ou experienciar para classificar como cada uma delas? 

Algumas escolas nos EUA que ensinam e dão ferramentas práticas às crianças de como podem estar mais conscientes e saber lidar com as emoções. Esta área de estudo chama-se Aprendizagem Social e emocional e, uma das ferramentas que pode ser usada (que foi criada pela universidade de Yale) é a RULER.
RULER: Recognize, Understand, Labelling, Expressing and Regulating. Traduzido para português é: reconhecer, perceber, dar um nome à emoção, expressar e gerir.

“Social-Emotional learning leads to 10% fewer psychological, behavioral, and substance abuse problems up to 18 years later.”

E isto não é apenas benéfico para as crianças mas também para os professores, as escolas onde é ensinado a lidar com as emoções experienciam menos burnout, maior satisfação com o trabalho e mais felizes de forma geral.

Inspirações super:

Parece estranho o que falo a seguir que me inspirou mas após lerem julgo que vão perceber porquê.
O ataque por Vladimir Putin à Ucrânia, é algo terrível que acontece no nosso mundo. Porque me inspirou? 

  • Inspirou-me as histórias dos ucranianos a tentarem defender o seu país.
  • O líder do país a não querer sair de lá e, continuar a apoiar a Ucrânia até ao fim. 
  • Os russos a manifestarem-se nas ruas de Moscovo, mesmo sabendo das possíveis repercussões que poderiam ter devido à mentalidade do seu presidente.

Isto tudo me inspirou a querer continuar a ajudar-me a mim e aos outros. Ajudar a ser melhor diariamente, a aproveitar as coisas boas e as coisas que podem parecer más mas, afinal é só uma areia no nosso caminho. Não precisamos de transformar a areia numa falésia.
Inspirou-me a querer continuar a alimentar-me daquilo que nutre o meu corpo. A dizer obrigada, gosto de ti, amo-te ou a dizer sim quando é sim ou não quando é não. 

Inspirou-te a continuar a querer fazer o melhor dia, todos os dias. Saber que estou orgulhosa daquilo que alcancei e que, apesar de não querer morrer amanhã, de estar contente por estar onde estou hoje.

A tua vez agora:

Relação interna:
Como podes começar ou continuar a investir na relação que tens contigo? 
Relação externa:
Saudável: quais os relacionamentos que te fazem sentir mal a maioria das vezes que investes tempo nelas? Como podes adaptar o teu tempo investido na relação ao ganho físico, mental, espiritual que tens com cada uma delas? 
Tóxica: quais que te ajudam a crescer e a ser uma melhor pessoa? Como consegues melhorar ainda mais a comunicação e partilha nas relações boas?

Espero que isto te ajude a teres um SUPER dia.

Ser Super é melhor com amigos. Partilha através dos icons em baixo:

Preparado para a tua versão Super?

Alimento

Hábitos

Movimento

. . .

A que tens direito ao subscrever?

O teu Kit de Boas-vindas GRÁTIS !

Newsletter com as publicações mais recentes

As Minhas 5 Super 

E todas as novidades em primeira mão !

Subscreve para saberes todas as novidades:

As informações de identificação pessoal são usadas apenas para enviar atualizações do site e responder às tuas questões. Podes optar por cancelar a subscrição a qualquer momento.

Be your own hero